Informações: (98) 3243 2337

Fósforo urinário

Material: Urina de 24h

Orientações para Coleta:

Colher a amostra de urina em um frasco contendo 20 mL de HCl 6M (50%v/v). Durante a colheita a amostra deve ser bem homogeineizada para evitar precipitação de complexo de fosfato.Ter cuidado ao manipular o HCL pois é corrosivo e colocar em um local longe do alcance de crianças e animais.

Procedimento de coleta (homens e mulheres):
– Acorde pela manhã esvazie totalmente a bexiga desprezando esta urina. Marque o horário.
– A partir daí, coletar para um frasco grande (tipo água mineral) todas as urinas do dia e da noite, se for o caso;
– Não esquecer de adicionar dentro do coletor de urina desde a primeira coleta o HCL 6M fornecido pelo Laboratório.
– Homogeneizar durante a coleta. Não refrigerar. Evite esforço físico durante a coleta.
– Ao completar o prazo, coletar também para o frasco a última micção, à mesma hora em que jogou fora a primeira urina da coleta do dia anterior;
– Levar todo o volume de urina para o laboratório o mais rápido possível.

Comentários:
Útil na avaliação do equilíbrio entre cálcio e fósforo e no estudo dos cálculos urinários. Níveis urinários elevados são encontrados no hiperpratireoidismo, deficiência de vitamina D, uso de diurético, acidose tubular renal e Síndrome de Fanconi. Níveis baixos são encontrados na desnutrição, hipoparatireoidismo, pseudohipopratireoidismo, uso de anti ácidos e intoxicação por vitamina D. Várias drogas podem interferir na determinação do fósforo urinário: acetazolamida, aspirina, diltiazen, sais de aluminio, bicarbonato, calcitonina, corticóides e diuréticos.

Comments are closed.